Archive for the ‘ Músicas ’ Category

Dica do Dia! Foco Central

E ae pessoal!

Estou a um bom tempo sumido, a vida  de  “trabalhador” não é facil, bem hoje estou aqui só para dar uma dica e apresentar uma banda de alguns amigos.

 

Foco Central

Foco Central

Banda Foco Central

Uma banda de pop rock de Porto Alegre que “manda um som” muito legal esperam que gostem.

Renato Reis – Guitarra e vocal

Luciano – Guitarra solo

Thony Arrugueti – Contra Baixo

Juliano Dutra – Bateria

Agora umas Musicas pra vocês curtirem

Decisão

Medo da Solidão 

Espero que gostem,

Abraços

Ps. Comunidade e Perfil do Orkut

Rooooock! – Autoramas

Hey hey! Voltando das Férias do blog, a banda de hoje não deixa de ser uma dica pra se curtir nessa época, pegando a estrada quem sabe… Mas não pise muito fundo no acelerador se você se empolgar! Falemos deles: Autoramas!

A banda, que a maioria das pessoas lembra por causa do Clipe da música “Você Sabe” cujo a historinha passa-se numa pista de autorama, com os próprios músicos sendo os ‘playmobills’, se formou em  1997, conta com os integrantes remanescentes Gabriel Thomaz, Bacalhau, e a nova baixista Flávia Couri. Pra quem não sabe, Gabriel é compositor de várias músicas com seus amigos dos Raimundos (como a música “I Saw You Said”) e Ultraje a Rigor, toca na manda ‘Os Lafayetes’ que faz tributo á Jovem Guarda  e  casado com Érika Martins, da extinta banda Penélope (e formam um casalzinho muuito do Kawaii *-*). Já Bacalhau é ex-baterista da banda Planet Hemp, e pode até ser visto nos 2 primeiros discos da banda (Usuário e Os cães ladram enquanto a caravana passa).

A banda, que mistura itens de surf music, anos 60 e 80, new wave, rockabilly e jovem guarda , tem 4 cds oficiais gravados: Stress, Depressão & Síndrome do Pânico (2000), Vida Real (2001), Nada pode paras os Autoramas (2003) e Teletransporte (2007). Recentemente, lançaram o “Mtv Apresenta – Autoramas Desplugado”, um acústico com os sucessos e 3 músicas inéditas, além das participações de Frejat na música “Sonhador” e Érika Martins em “Música de Amor”.

Ah, algumas curiosidade que valem á pena serem ditas: A banda já contou com outras 2 baixistas – Simone,  que ficou no grupo de 1997 até 2005, e Selma Vieria, que integrou a banda de 2005 até 2008 (não sei o porque de tantas trocas nas baixistas, mazenfim… espero que a Couri fiquei pelo menos XD).  O grupo também saiu em turnê internacional em 2004, tocando em  Montevideo, Buenos Aires e Rosário (Uruguai), mais shows em Chile, Argentina e no Japão, onde ganharam o apelido de “Full Speed Ahead”, e quando voltaram, já em 2005, levaram 3 prêmios no VMB como clipe de “Você Sabe”.

Espero que gostem!^^ Seguem agora algumas músicas, como é de costume ;D

K-ON!

Eaee!

Hoje, a dica segue como nome de K-ON! o/

Título: KO-N!
Formato: Série de TV / Mangá
Episódios: 13
Gênero: Musical/Escolar/Comédia/Shoujo
Exibido entre: 3/04/2009 – 26/06/ 2009
Estúdio Anime: Kyoto Animation

  Revistas Publicadas: Manga Time Kirara / Manga Time Kirara Carat

Período: A partir de maio de 2007

Editora Mangá: Houbunsha

(*Há 2 volumes especial apenas com as histórias do grupo.)

 K-ON! Nada mais é do que a sigla de “Karui Ongaku”, que literalmente quer dizer “Musica leve ou lenta”, mas pra facilitar, lê-se “Clube de Música”. Pois é, era (ou não..)pra ser música lenta.. A história é narrada ao redor de um grupo de estudantes do colegial o qual Yui Hirasawa, novata que nos primeiros dias de aula sai atrás de algum clube para fazer parte como é tradição nos colégio japoneses. Depois de sofrer uma certa pressão de diversos colegas de escola para entrar em seus clubes e ainda sem se achar apta à participar de nenhum, Yui acaba vendo um cartaz sobre um clube de música e depois de procurar saber um pouco a respeito, decide ir até o mesmo ver como era. Chegando lá, Yui encontra outras 3 garotas na sala e elas por sua vez são as únicas integrantes do clube. São elas: Ritsu Tainaka, Mio Akiyama e Tsumugi Kotobuki. Elas, sabendo que o grupo de música não poderá continuar sem mais um componente, ao verem o interesse de Yui, decidem chamar a garota para fazer parte. No começo Yui fica com receio, já que o único instrumento que sabe tocar são castanholas (e ela fazia isso na pré-escola…), decide não mais participar do grupo, mas depois de algum tempo, de alguns (vários) chás com bolinhos e até um pouco de dó das 3 novas colegas, ela entra para o grupo e assim se forma o novo clube, com as 4 integrantes, cada uma do seu jeito e tocando o seu instrumento, apesar de saberem muito pouco. Yui, na realidade não sabe tocar nada, o que as leva a comprar uma guitarra para ela no começo do anime. A guitarra escolhida por Yui é uma Gibson Les Paul da loja dos pais de Mugi-Chan (fato esse até então desconhecido pelas outras amigas). Depois de muito treino, Yui aprende a tocar, mas começa a ir mal em matemática.. com enforco, passa de ano, e assim o grupo começa a ensaiar cada vez mais.

Agora, se você quiser sabe o que vai acontecer, vai ter que olhar o Anime! HAHA!

Segue aqui um perfil das 4 principais componentes:

Yui Hirasawa – alegre, destraida, as vezes confusa. Tenta com muito esforço aprender as notas em sua guitarra Les Paul e cantar ao mesmo tempo, mas depois de um treino intensivo com a professora de música ela finalmente consegue. Adora comer, e quase sempre é traída pelo estômago.. foi assim que topou ir todas as tardes para sala de música, já que sempre seria recebida com chá e algumas guloseimas. Ela também tem uma irmã mais nova, que por incrível que pareça, consegue ser mais madura do que ela.

 

 

Mio Akiyama – é a mais frágil e centrada do grupo. Muito tímida e envergonhada, é canhota e usa um baixo Fender no Anime. Quando perguntada por Yui porque escolhera o baixo ao invés da guitarra, ela disse que era “embaraçoso” ser a guitarrista, já que esta chama muito mais atenção.. Por aparentar ser mais velha (seu corpo diz o mesmo perto das outras amigas de clube) é sempre uma fonte de inspiração para Yui – “alta, atraente e madura”, segundo ela-. Uma passagem engraçada dela é num dos primeiros episódios quando eles vão de férias para a casa de praia de Mugi-Chan ensaiar para um festival que irá acontecer com algum tempo de antecedência, mas já que estão na praia, aproveitam para irem tomar banho de mar. Nisso, todas aparecem de biquíni. Mio aparece de biquini preto, e por ter mais peito que as outra, acaba irritando Ritsu na beira da praia. A cena realmente é hilária. xD

 

Tsumugi Kotobuki – ou simplismente Mugi-Chan. E tímida, porém muito simpática; “gentil, fofa e bonita”.  Toca piano desde os 4 anos, já ganhou várias competições,  e no clube comanda 2 teclados elétricos, um Korg e outro Yamaha. Quase sempre é ela quem fica responsável pelo lanche do grupo, agradando sempre os gosto de Yui e Ritsu. Seus pais tem uma loja de música no centro da cidade, loja essa onde Yui conseguir comprar sua Gibson Les Paul pechinchada por Mugi. Ah! Os equipamentos de som do grupo de música da escola também são todos da casa de Mugi-Chan.

 

 Ritsu Tainaka – é a bateirista do grupo – geralmente usa uma da Yamaha.  É a mais elétrica e expressiva do grupo, sempre falando alto e pensando em mil e uma coisas na hora do ensaio – quase nunca na música. Ela diz que toca bateria por um motivo óbvio e que convence á todos, mas quando questionada o porque, ela simplismente responde “-It’s sugoi  ne..” (“Porque é legal..”), de forma incabulada – mas depois ela explica que ao ver guitarristas, baixistas e tecladistas tocando, movimentando rapidamente seus dedos, ela fica com vontade de gritar (?). Distraída, esqueceu de entregar o formulário do grupo de música no começo do semestre, o que fez o grupo de música deles não ser reconhecido como um grupo oficial do colégio… – tudo isso porque ela foi comer bolinhos ao invés de assinar o formulário de inscrição do grupo. Ela também adora tirar fotografias para registrar os momentos com suas amigas.

 Aqui vai a abertura e o enceramento do anime!! Tão kawaai! 😀

Segue um wallpaper de presente

espero que gostei! Até a próxima!

Kisu!

C.

Michael Jackson ganha versão Mangá – e brazuca!

The King of Pop, Sir Michael Jackson ganhou uma personificação em mangá! O trabalho foi feito pelo professor de mangá Fabio Shin (e, modéstia parte, o cara fez um excelente trabalho). Ele disse, numa entrevista, que já tinha sido convidado para desenhar outros mangás, mas nenhum roteitro lhe agradava. Aproveitando o fato do seu ídolo voltar aos palcos nesse ano, aproveitou para colocar em prática a ideia de fazer a história de Michael em desenhos, mas o enredo mudou em poucos meses por causa de sua morte. Além de uma história biográfica, o projeto ainda mostra os sentimentos, os sonhos, os pesadelos, os conflitos internos e as fantasias do Rei do Pop.

“Todos os envolvidos neste projeto, inclusive eu, somos fãs de Michael Jackson e ficamos extremamente abalados com a sua morte repentina. Ele influenciou uma geração inteira de pessoas e a mim particularmente”, disse o professor e dono da escola Japan Sunset, que descobriu, durante suas pesquisas, que Michael era uma grande fã da cultura japonesa. –Só pra ter noção de como os caras envolvidos nesse projeto são admiradores de verdade,  Ledo Vieira, roteirista do mangá, é um dos organizadores do maior fórum do artista realizado no Brasil, o MJPIX.

O livro, que à princípio terá apenas uma edição e será vendido em livrarias, conta com 180 páginas e tem lançamento previsto para 2010, pela editora Seoman. Os desenhos são assinados por Shin e Rafael Kirschner, mas a equipe da Japan Sunset também participará de toda a produção do livro.

Segue aqui alguns desenhos do Mangá *-*

             

                             

Era isso por hoje^^ (e obrigada pela pauta de hoje Gabriel!)

Kissu, C.

Retomando… Asian Kung-Fu Generation! (Parte 2)

Como foi postado anteriormente: devido ao grande número de informaçõe scontidas num só post, ele teve que ser dividido em 2 partes, e aqui está a segunda! 😀

ASIAN+KUNGFU+GENERATION+1_944284423l

Como nós já tinhamos falado sobre o estilo e a história da banda,  passemos agora para a análise das letras da banda (que complexo isso né!! xD). Bem, se formos notar, a maioria das letras falam sobre sentimentos, na sua maioria sobre amor, conflitos internos, mágoas e desencontros da vida, mas grande parte das letras é recheada de uma melancolia diferente de qualquer outra já c310c21d23554f175eac31ab55e50e4cvista.. na mesma música, enquanto um verso diz, por exemplo, “A depressão está escondida na rotina de cada um”, ele é seguido por “Mas quero continuar até que tudo isso se perca, mesmo que nunca desapareça…” o que dá uma sensação de coragem e superação em toda e qualquer situação adversa à que se esteja sendo submetido (Trecho da música Song Of Blue). As letras mostram os 2 lados dos sentimentos com contrapontos e discernimento: enquanto é relatada uma situação triste ou duvidosa nos primeiros versos, nas estrofes seguintes há uma motivação para se impôr e superar aquilo com muita alegria e de uma forma super positiva (um outro exemplo é Haruka Kanata.. acho que foi por isso que escolheram essa música pro anime..). Parece idota pra quem ler isso, mas analisando as letras, você entenderá o que eu quero dizer.

Saindo das letras, e passando pra outro ponto muito legal, vale falar também d20081101181513!Houkai_Amplifiera arte da banda, isto é, as capas, gráficos e desenhos os quais são relacionados à Ajikan. Yusuke Nakamura – esse é o cara responsável por essa associação. Em 25 de novembro de 2002 (olha! meu aniversário!), quando lançaram o mini-álbum Hokai Amplifier, eles resolveram chamar Nakamura, que é radialista (tem uma rádio na internet inclusive), artista gráfico e música para desenhar a capa desse cd. Desde então, ele é quem faz as arter gráficas da banda. O trabalho do cara é realmente muito bonito, vale a pena dar uma conferida. Seguem aqui mais algumas capas que Nakamura fez pra banda:

b000i5yadu01ss500sclzzzhe4

asian Imada_Minu_Asu_ni

cover2

2622381339_74bcbd904a_o cover

fujisawa-loser CD (1) post-331141-1164874032

Legal o trabalho gráfico, não!^^

Segue também mais um vídeo da banda e mais um Papel de Parede pra você!

wallpapersyusukeNakamura_Rioko_23079

Espero que tenham gostado!! (acho que no final, o trabalho foi recompensado… ._.)

Kissu, até a próxima!

C.

Pra chegar chegando: Asian Kung-Fu Generation! (Parte 1)

Konnichiwa Galerë!

Estreiando o novo visu do Fala Jow, o Post de música de hoje vai agradar os fãs de J-Rock e Anime. Vamos falar sobre eles: Ajikan – ou pra muitos: Asian Kung-Fu Generation.

99e7495f3d0e911ffd300a06f6852841

Muitos conhecem a banda pelo fato deles terem sua música em 3 animes muito conhecidos: Naruto, Fullmetal Achemist e Bleach, mas vamos além disso nesse post; vamos dar uma analisada na carreira dos guris, além do estilos e das composições, ok?

Vamos começar pela história da banda: a banda existe desde 1996, quando Kensuke Kita (guitarra e vocal), Takahiro Yamada (baixo e vocal) e Masafumi Gotō (o vocalista e guitarrista) estavam na faculdade e formaram o trio, e um tempinho depois Kiyoshi Ijichi (baterista)ASIAN+KUNGFU+GENERATION+001 se juntou a eles. Nesse começo, eles compunham bastante em inglês, mas, sem verba, se viram obrigados a gravar fitas k7 e mandar para as rádios locais com a esperança de que alguma grande gravadora ouvisse e gostasse das músicas. Em 2001, gravaram a 1ª música em japonês, a Kimi to Iu Hana, música essa que caiu no gosto de um Dj local que não parou de tocara música em sua rádio.Com o sucesso dessa música, a banda conseguiu fechar contrato com a Sony Music e, em 2002, lançou o mini-álbum Houkai Amplifier. Desde então, o volume de fãs do grupo só cresceu. Isso fez com que a banda fosse incluida na trilhas das animes Naruto, com Haruka Kanata (uma das músicas mais tocadas e aclamadas em eventos de anime: fato!), Fullmetal Achemist, com Riraito/Rewrite e Bleach com After Darkpopup_161-01ganhando assim, consequentemente, notoriedade mundial no quesito J-rock de boa qualidade.
Com tudo isso, a banda tem mais de 10 singles, 2 mini-álbuns, 5 álbuns oficiais, 3 compilações e 5 dvds gravados, com o lançamento do último, o Tokyo Show to Tour ‘World World World!’, em março desse ano.

Outras características da banda que valem a pena serem mencionadas são a aparência Geek (nerd) do vocalista Masafumi Gotō, que segundo o que dizem “surpreende com sua voz agradavelmente desafinada”, as linhas de baixo sempre marcantes (sim, pode-se ver isso em Haruka Kanata por exemplo).

[Devido ao grande número de informações desse post, ele foi dividido em 2 partes. Amanhã]

Pra você não ficar triste, aqui ficam um clipe e um Papel de parede da banda! 😉

Ajikanwallpaper23908

Até amanhã!! Kissu!

C.

Tenacious D.

Opa!! Depois de um tempo sem postar nada de novo (nem de interessante da minha parte u.u’- Aproveitando o momento pra pedir desculpas pra quem queria mais música por aqui.. foram vários motivos técnicos,mas em breve, tudo voltará ao normal ;D) vou falar hoje da dupla formada por Jack Black e Kyle Gass: The Tenacious D.tenaciousd

Ok, por incrível que pareça, a dupla existe desde 1994, quando Jack tinha uns 27 e Kyle 34 (sim, Jack nasceu em 1969 e Kyle em 1960 – diferença de 9 anos.) Tá, na real, também não foi assim que tuuudo começou. Você deve estar se perguntando “Então, como essa coisa começou? Pára de enrolar!!” –Tá, tudo bem..  Em 1984, com 17, Black foi um dos novos contratados na Actor’s Gang, e foi por isso que os dois se encontraram. Segundo Kyle, ele disse que realmente não gostou Jack à primeira vista. Com o passar do tempo, se tornaram grandes amigos e Kyle ensinou Jack a tocar a guitarra, em troca ele ensinou Kyle a atuar. Continue lendo